quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Rohatsu Sesshin 2017, Templo Busshinji SP

Foto: Ju Shin

Entre os dias 1º a 8 de dezembro de 2017, foi realizado no Templo Busshinji, em São Paulo, o tradicional Sesshin da Iluminação de Buda – Rohatsu Sesshin. O Zendo do Diamante e o Instituto Zen Maitreya estiveram presentes através das participações do monge Seikaku (Celso Marques), José Luiz Pereira Neto - Ju Shin e Ieda Seishin. Ieda Seishin, que já participou de mais de vinte Sesshin no Busshinji, destacou-se ajudando os oficiantes nas cerimônias do Sesshin, recitando com desenvoltura sutras e pronunciamentos rituais em japonês. Na manhã do dia 8 de dezembro, data tradicional da Iluminação de Buda, o Sookan (superior) Doshô Saikawa Roshi realizou as cerimônias de Jukai (entrega dos Cinco Preceitos) a vários praticantes leigos e ordenou três monges, entre os quais Ieda Seishin. Esta ordenação como monja Sotô Zen foi o amadurecimento de anos de prática e a culminância da sua participação no Rohatsu Sesshin 2017. A próxima etapa da sua formação monástica será passar três anos praticando num mosteiro Sotô Zen no Japão. O monge Seikaku, em nome da sangha (comunidade) do Zendo Diamante, parabenizou a monja Seishin desejando-lhe a mais plena realização espiritual do caminho búdico.

Foto: Ju Shin
Quanto ao Rohatsu Sesshin 2017, foi um retiro marcante para os vinte e dois participantes. Realizaram-se ao todo onze sessões diárias de zazen de quarenta minutos cada, ao longo de sete dias. O desjejum e o almoço foram realizados em silêncio no zendo (sala de meditação), como nos templos e mosteiros zen do Japão. As refeições eram servidas de maneira cerimonial e ritual, entre cânticos e recitações com todos os participantes sentados na postura de meditação. A excelência da comida e do seu preparo fizeram justiça ao dito tradicional que afirma "Comer é a alegria do zen". Os monges Tahara, Sato e Handa trabalharam de maneira incansável nas cerimônias, coordenando o serviço das refeições e de limpeza e auxiliando atentamente os participantes do Sesshin. O pessoal da cozinha e da secretaria administrativa primou pela gentileza e delicadeza do tratamento dado a todos. E o mestre Saikawa Roshi esteve durante todo o tempo presidindo o clima de harmonia e serenidade do Rohatsu Sesshin 2017 com o carisma da sua personalidade. O ponto alto do Sesshin foram os Dokusan (entrevistas) dos praticantes com ele. As pessoas saiam das entrevistas com as fisionomias transfiguradas, impactadas pelas palavras do Roshi.

O Rohatsu Sesshin é um retiro que celebra a Iluminação de Buda. Segundo a tradição, depois de aceitar o arroz doce oferecido pela pastora Shujata, abandonando as mortificações de um acetismo extremo, Siddhartha banhou-se no rio e sentou-se em Zazen por sete dias e sete noites. Na manhã do oitavo dia, ao ver o coriscar da Estrela da Manhã, Siddhartha Sáquia Muni Gotama atingiu a iluminação, tornando-se o Buda. Então ele disse: “Eu e todos os seres da Grande Terra, simultaneamente, nos tornamos o Caminho.” Neste Rohatsu Sesshin 2017 a comunidade Sotô Zen reunida no Templo Busshinji rememorou o despertar de Buda e deu mais um passo no caminho que é o seu legado.

GASSHO!

Nenhum comentário:

Postar um comentário